Pular para o conteúdo
Início » Blog » Medicamentos Que Causam Impotência no Homem

Medicamentos Que Causam Impotência no Homem

Medicamentos Que Causam Impotência no Homem

Medicamentos Que Causam Impotência no Homem: Uma Análise Detalhada

A disfunção erétil, também conhecida como impotência sexual masculina, é um problema complexo que pode ser influenciado por vários fatores, incluindo condições médicas, estilo de vida e, surpreendentemente, o uso de certos medicamentos. Os avanços na medicina trouxeram muitos benefícios, mas também revelaram que alguns medicamentos podem ter efeitos colaterais indesejados, incluindo a capacidade de causar ou piorar a disfunção erétil.

O Que é Disfunção Erétil?

A disfunção erétil é caracterizada pela dificuldade persistente de obter ou manter uma ereção suficiente para uma relação sexual satisfatória. É importante notar que ocasionalmente experimentar dificuldades eréteis não é incomum e não necessariamente indica um problema médico. No entanto, quando esses problemas se tornam recorrentes, é essencial buscar orientação médica.

Medicamentos e Disfunção Erétil:

Vários medicamentos são conhecidos por terem a capacidade de afetar a função erétil. Embora nem todas as pessoas que os utilizam experimentem disfunção erétil como efeito colateral, é crucial estar ciente desses medicamentos e seus possíveis impactos.

Antidepressivos:

  • Inibidores Seletivos de Recaptação de Serotonina (ISRS): Medicamentos como a paroxetina, a sertralina e a fluoxetina, comumente usados no tratamento da depressão, ansiedade e outros transtornos, podem estar associados à disfunção erétil em alguns casos. Acredita-se que esses medicamentos interfiram na neurotransmissão e causem efeitos adversos na função sexual.

Antipsicóticos:

  • Risperidona e Olanzapina: Alguns antipsicóticos, como a risperidona e a olanzapina, são conhecidos por terem impactos negativos na função erétil. Acredita-se que esses medicamentos afetem os níveis hormonais e a transmissão neuronal, contribuindo assim para a disfunção erétil.

Anti-Hipertensivos:

  • Bloqueadores dos Receptores de Angiotensina II (BRA): Medicamentos utilizados no tratamento da hipertensão arterial, como os BRA, por exemplo, o losartan e o valsartan, podem ocasionalmente estar associados à disfunção erétil. Esses medicamentos afetam os vasos sanguíneos e podem impactar o fluxo sanguíneo necessário para manter uma ereção.
  • Porém os mais comuns são o Hidroclorotiazida, a Furosemida, e o B-bloqueadores como o propranolol, atenolol e afins.

Medicamentos Ansióliticos

  • Medicamentos usados como ansioticos também podem alterar a função sexual. Temos como exemplos: Lorazepam, Alprazolam, Diazepam

Medicamentos Antiparkinsonianos

Algumas drogas prescritas no tratamento da Doença de Parkinson também podem levar a disfunção erétil como efeito colateral, principalmente quando usados em doses mais elevadas. Como exemplos temos:

  • Biperideno.
  • Bromocriptina.
  • Levodopa.

Anti-androgênicos

Alguns medicamentos usados no tratamento do Câncer de Próstata avançado tem papel importante na impotência sexual, na medida que diminui a quantidade de Testosterona circulante. São eles:

  • Nilutamida.
  • Flutamida.
  • Bicalutamida.

Drogas

As drogas, sejam elas liberadas ou não, sempre irão prejudicar a função sexual, por deprimirem o sistema nervoso central, afetando assim as funções corporais. Os principais exemplos são:

  • Alcool
  • Cocaina
  • crack
  • Anfetamina
  • Lsd
  • Tabaco

Impacto e Gestão:

É crucial destacar que nem todas as pessoas que tomam esses medicamentos experimentarão disfunção erétil como efeito colateral. No entanto, se você notar quaisquer mudanças na função sexual após iniciar um novo medicamento, é essencial conversar com seu médico.

Para aqueles que experimentam disfunção erétil relacionada ao uso de medicamentos, existem abordagens que podem ajudar. Em alguns casos, ajustes na dosagem, mudanças no medicamento ou adição de terapias complementares podem ser considerados para minimizar o impacto na função erétil.

Conclusão sobre Medicamentos Que Causam Impotência no Homem

Embora muitos medicamentos ofereçam benefícios essenciais para a saúde, é importante estar ciente dos potenciais efeitos colaterais, incluindo a disfunção erétil. A comunicação aberta com seu médico sobre preocupações com a função sexual é fundamental para identificar soluções adequadas e garantir a melhor qualidade de vida possível.

A disfunção erétil não é apenas um desafio físico, mas também pode ter um impacto significativo na saúde mental e emocional. Portanto, estar informado sobre os medicamentos que podem influenciar essa área da saúde é fundamental para uma abordagem holística e cuidadosa em relação à saúde masculina.

É possível consultar pelo plano de saúde?

sim, realizo atendimentos e cirurgias por diversos planos de saúde assim, como pelo saúde Bradesco, Amil, Sulamerica.

É possível realizar cirurgias pelo plano de saúde?

Sim, conseguimos realizar algumas cirurgias pela maioria dos planos de saúde.

Cirurgias nos principais hospitais de BH ( Mater Dei Bh, Vila da Serra, Uromaster) e clínica de urologia BH.

Procure sempre seu urologista, e mantenha seus exames em dia. Urologista BH, Uro BH, urologista em Nova Serrana, Urologista em Pará de Minas, Urologista Pitangui.

Gostou do artigo? Ainda tem dúvidas? acesse meu blog onde tenho outros artigos relacionados:

www.drleone.com.br/blog

www.imandrologia.com.br/blog

Deseja marcar uma consulta? online ou presencial?

Teleconsulta

Consulta Presencial

WhatsApp

Marcações:

1 comentário em “Medicamentos Que Causam Impotência no Homem”

  1. Pingback: Disfunção Erétil Tratamento - Dr. Fernando Leone - Urologista BH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?