prostata aumentada hpb

Exame da próstata: quando e porque fazer?

O exame da próstata, popularmente chamado de exame de toque retal, tem como objetivo principal avaliar as estruturas da região anal e consequentemente a próstata. Ao fazermos o toque retal conseguimos avaliar a consistência da próstata, se existem áreas mais duras e consistentes que nos fazem suspeitar da possibilidade de tumores locais. Além disso, fazemos uma estimativa do tamanho da próstata.

A próstata é uma glândula que ajuda na produção do sêmen, propiciando nutrientes aos espermatozóides.

aumento da prostata hpb
prostata aumentada hpb

O câncer de próstata é uma doença muito comum nos homens, atingindo em torno de 66 homens para cada 100 mil, sendo a segunda causa de morte por câncer no país. Dai a importância da prevenção.

O toque retal é extremamente importante para o urologista, pois possibilita ao mesmo uma melhor avaliação da região a ser estudada. O toque nos auxilia também a definir se existe um aumento da próstata, chamada de Hiperplasia prostática benigna, que pode causar problemas para os pacientes, como retenção urinária, dor ao urinar, acordar diversas vezes à noite, jato fraco.

Quando devemos começar a realizar a avaliação da próstata?

A avaliação inicial deve ser feita aos 50 anos para homens brancos e sem histórico de câncer de próstata na família, e nos negros e com histórico familiar de câncer de próstata, essa pesquisa começa aos 45 anos. Deve ser avaliado anualmente a princípio, e posteriormente pode ser realizada uma avaliação mais espaçada.

Que médico devo procurar para fazer a avaliação da próstata?

O urologista é o médico habilitado, treinado e capacitado para fazer essa avaliação. A simples avaliação do psa total, ou realização de um US próstata não substituem o exame físico e toque retal. Ultimamente temos visto muitos enfermeiros e médicos de família excluirem os pacientes de uma avaliação especializada com urologista, na maioria dos casos no intuito de cortar custos, porém acarretando sérios danos aos pacientes, na medida que atrasam os seus tratamentos futuros.

Como é o toque retal?

É um procedimento super simples que envolve muitos tabus. A grande maioria dos homens faz o exame sem qualquer queixa, sendo que alguns homens podem apresentar vontade de urinar durante o exame, sendo importante a realização do exame em consultório que possua banheiro. Aliás, segundo vigilância sanitária, o banheiro é obrigatório nos consultórios de urologia e ginecologia.

O urologista orienta ao paciente a posição mais confortável ao mesmo, podendo ser deitado em posição litotomia ( deitado com as pernas um pouco levantadas, de lado, ou pé com os cotovelos apoiados na maca. Não existe uma posição melhor do que a outra, salientado que quanto mais habilitado o urologista esteja com uma posição, melhor para o exame.

Deve ser feito em condições obrigatórias de higiene, sendo que o urologista normalmente usa duas luvas na mão que irá introduzir o dedo( indicador) no paciente. Usa-se xylocaina, gel ou vaselina para diminuir o atrito ao realizar a penetração. Caso o paciente sinta desconforto, deve-se optar por outra posição em novas avaliações. O ideal é que o paciente fique relaxado e não aperte o anus durante o exame, pois pode ser muito desconfortável nessa situações.

O exame dura no máximo dez segundos. Durante o exame pesquisamos anormalidades no esfíncter anal, lesões em borda anal, dor local, presença de verrugas locais, avaliamos a ampola retal quanto à presença de massas locais, protuberâncias, e o mais importante do ponto de vista urológico, avaliamos a próstata. Nesse toque podemos sentir a consistência da próstata, tamanho, presença de alguma irregularidade, dor, cistos.

prostata visao lateral, correlação com estruturas da região pélvica
prostata visao lateral

Doutor, defequei antes da consulta, posso realizar o exame?

Não há qualquer contra indicação nessas situações. Muitos pacientes já chegam ao consultório constrangidos e devido a isso, nunca deixo de fazer o toque, pois não posso perder a oportunidade do exame, visto que alguns pacientes nunca mais irão voltar ao consultório. Eu só evito fazer exames caso o paciente esteja com diarreia, ou doenças agudas na região anal, tais como hemorroidas, abscessos, dor local.

Durante o exame é realizado sedação ou anestesia local?

O exame é indolor na maioria dos casos, e isso não se faz necessário. Ele é feito durante uma consulta de rotina.

Quanto custa em média o exame da próstata?

Vários pacientes têm essa dúvida. Não há cobrança alguma para se fazer o toque retal. Ele faz parte da consulta do urologista. Jamais deve ser cobrado a parte.

Há alguma contraindicação?

Pacientes com estenose em esfíncter anal, por doença inflamatória local ou pós operatórios de cirurgias proctológicas podem apresentar dificuldades para serem avaliados. Além disso, pacientes com doenças agudas na região como hemorróidas, fistulas, doenças inflamatórias devem primeiro melhorar o quadro e depois retornar ao urologista. Nesses casos devem realizar uma avaliação prévia com o proctologista no intuito da resolução do quadro.

Após a consulta vou receber alguma relatório sobre o toque?

A maioria dos urologistas não irã fornecer qualquer relatório sobre o exame físico, pois o toque retal serve apenas com uma estimativa do quadro, sendo necessário exames complementares caso haja alguma alteração percebida.

Meu toque deu alterado!! Isso é motivo de alarde?

O toque pode estar alterado em algumas situações: inflamação, aumento, câncer. O seu médico irá dar seguimento a sua patologia, ora pedindo um US da região, seja pedindo uma Biópsia de Próstata, ou realizando um tratamento clínico. Cada caso é um caso, você não pode ficar aflito apenas por suposições, deve confiar no seu médico.

Vou sempre ao urologista, porém não desejo realizar o toque e quero fazer meu acompanhamento apenas com o PSA total. Estou correndo algum risco?

Sim, você estará correndo o risco de não tratar um câncer de próstata em estágio inicial, identificado pelo toque, e vir a ter um câncer em estágio mais avançado com poucas possibilidades de cura.

O câncer de próstata costuma dar sintomas?

No estágio inicial ele não vai dar nenhum sintoma. Porém, a medida que ele vai crescendo, ele pode causar sintomas urinários devido compressão da uretra, sangramentos na urina e no sêmen, dores locais e na coluna.

PSA total alterado: eu tenho câncer?

O PSA é um exame relacionado com a próstata, porém não é específico para o câncer de próstata, podendo estar alterado em doenças como aumento da próstata ( hpb) e inflamação da próstata( prostatite).

Por isso, sempre importante consultar um urologista, que é o único médico com capacidade e treinamento para discernir o que está ocorrendo.

O principal fator de risco para o câncer de próstata é a idade?

Sim, verdadeiro, pois a medida que ficamos mais velhos, aumentamos a chance de desenvolver esse tipo de câncer. Outro fator importante é o histórico familiar ( pai ou irmão com câncer de próstata.)

O aumento da próstata leva a um quadro de impotência?

Até o presente momento não se mostrou qualquer relação. O que pode causar um quadro de disfunção erétil é a prostatectomia radical ou uso de drogas para diminuir o tamanho da próstata.

Por que devemos evitar o aumento da próstata?

Pois esse aumento pode causar diversas complicações como retenção urinária, pedra nos rins ou na bexiga( leia artigo sobre pedra nos rins e seus tratamentos), sintomas urinários, infecção de urina.

O que é o Novembro Azul?

É uma campanha criada no intuito de alertar os homens sobre a importância do exame preventivo da próstata.

Faço atendimentos em Belo Horizonte ( bh), Nova Serrana e Pará de Minas.

Venha fazer sua avaliação, agende online: www.drleone.com.br

Atendemos a maioria dos convênios médicos

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp